Agente de Viagens sempre no foco do Festuris

Agente de Viagens sempre no foco do Festuris. Alvos de uma das maiores discussões do mercado turístico nos últimos anos, os agentes de viagem já ouviram de muitos a seguinte expressão: “a profissão irá acabar”. O tema gera polêmica. Uns concordam e outros não.
Alguns fatores contribuem para o pessimismo como o avanço da internet e as facilidades como pesquisa de hotéis, reservas de passagens, bookings e o novo turista que viaja por conta própria, sem precisar de intermédio. Por outro lado, muitos profissionais garantem que a fase é de adaptação e melhorias.
O FESTURIS Gramado – Feira Internacional de Turismo, que ocorre de 09 a 12 de novembro, é feito para dar palco ao agente de viagens já há 29 anos. Por isso, ouvimos alguns profissionais desta área para saber o que pensam sobre o momento da profissão no Brasil. A constatação é de que o otimismo dá o tom e os agentes de viagem sabem que a competitividade aumenta. A maioria entende que a constante capacitação, atendimento diferenciado e personalização dos serviços fará a diferença para manter a categoria forte e atuante.
Saiba um pouco mais sobre o que pensam três profissionais deste setor:
Heloisa Dias da Silva – Voo Solo Viagens
————————————————————

Mercado – O mercado de turismo para os agentes de viagem está cada vez mais competitivo. Antigamente o trabalho fluía naturalmente porque tínhamos o mercado nas mãos, sem a concorrência da internet.

Profissão – Os agentes buscam se aprimorar através de capacitações, pesquisas de fornecedores, viajando para destinos diferenciados, e montando dicas de destinos e serviços.

Preocupações – Atender bem ao cliente, o que implica em saber ouvi-lo para transformar seu desejo em realidade, cercar-se de parceiros honestos e profissionais, bem como ter rentabilidade na sua proposta de trabalho.

Feiras de negócios – Considero muito importante e produtivo o trabalho desenvolvido pelas feiras e seus expositores. Nelas fazemos contatos com fornecedores que, muitas vezes, conhecemos apenas por e-mail ou telefone. Através do contato direto e pessoal, trocamos ideias e criamos possibilidades de projetos e parcerias.
Ligia Ayub Pauletti – DC Tur Agência de Viagens e Turismo Ltda
————————————————————————————————— 

Profissão – Estamos muito acostumados com um mercado flutuante, pois o turismo depende muito da economia e política do país. O que sinto é que 2017 está sendo um ano promissor, pois as pessoas resolveram parar e se preocupar tanto  com o que vem acontecendo e investir em si próprias, chamando-se a este investimento viagens!​

2017 – Por enquanto as perspectivas são as melhores possíveis. Sinto um crescimento linear na busca por novos roteiros ou por adequação ao bolso de cada passageiro, mas nunca a desistência da viagem. Com as agências que me relaciono e nas feiras que participo encontro agentes bem confiantes​.

Parcerias – É fundamental trabalhar com bons fornecedores, ter apoio nas 24 horas do dia e nos 7 dias da semana (trabalhamos com fusos horários), não podemos nos deter somente ao horário da empresa pois isto tem uma influência enorme no ir e vir dos turistas.

Feiras de negócios – Penso que as feiras devem ser cada vez mais profissionais. Valorizando seu produto através de imagens e informações específicas e sem muito papel. Uma feira não deveria ser somente entrega de folders. O contato direto do fornecedor com o agente de viagens é muito importante​ e eficaz desde que a apresentação do seu produto seja interessante e que o agente de viagens possa interagir.

 

Maria Cristina Brauner Salgado – Travel Workers Viagens e Turismo
——————————————————————————————————–

Turismo – Desde o ano passado sinto o mercado bastante aquecido, tivemos um crescimento nas vendas significativo. Acredito que mediante tantos problemas, instabilidade política, insegurança e stress do dia a dia, as pessoas estão investindo em viagens e atividades que dão mais prazer. O mercado do Turismo é um dos poucos em crescimento. Quero acreditar que vai ser assim por muito tempo!

Carreira – Estamos otimistas! O cliente encontra no agente de viagens atendimento personalizado e todo o suporte para realizar uma viagem especial, o que dá mais tranquilidade do que a compra online. Viajamos e participamos de feiras buscando conhecer novos hotéis, destinos, fornecedores, descobrir cantinhos, dicas. O passageiro adora novidades!

Preocupações – A falta de parceria de alguns poucos fornecedores e profissionais que não valorizam a categoria. Mas, apesar de ser um mercado muito competitivo, temos muitos fornecedores e colegas parceiros e unidos.

Feiras de negócios – As feiras são ótimas, uma oportunidade de encontrar fornecedores do mundo todo, conhecer, trocar conhecimento. E esse contato é muito importante para estreitar a relação e garantir benefícios para os nossos clientes. Elas podem fortalecer a categoria trazendo cada vez mais gente nova, hotéis, operadoras e destinos ainda pouco explorados. O formato de feira com meetings pré-agendadas, como o Espaço Luxury do FESTURIS começou a fazer no ano passado, garante um aproveitamento bem melhor.
SERVIÇO:
FESTURIS Gramado –  Feira Internacional de Turismo
De 09 a 12 de novembro de 2017
Serra Park/Gramado -RS
www.festurisgramado.com
Compartilhe

Deixe uma resposta