Vinhos da Península de Setúbal chegam ao Brasil

Vinhos da Península de Setúbal chegam ao Brasil. Quem é que não gosta de um bom vinho? Ainda mais nessa época do ano? Produtores da região portugueses da Península de Setúbal chegam esse mês ao Brasil para apresentar tanto suas novidades como os seus vinhos já consagrados nas cidades do Rio, Brasília e São Paulo. A região, que fica próxima a Lisboa, impressiona seus visitantes com a cultura da vinha e do vinho. Suas empresas familiares conseguiram integrar a tradição de técnicas passadas através das gerações e o avanço tecnológico, proporcionando ótimos vinhos. Você já ouviu falar na casta Castelão, conhecida pelo vinho Periquita, aquele que nossos avós bebiam.

A denominação da Península de Setúbal é reservada aos Moscatéis Setúbal e Roxo, vinhos fortificados que harmonizam com o queijo do Azeitão, bem com doces a base de ovos, chocolates. Nos dias 31 de maio (RJ), 06 e 08 de junho, Brasília e São Paulo respectivamente, será possível degustar os vinhos da Península de Setúbal e também conhecer um pouco mais sobre as suas histórias, contadas pelos produtores. Estarão presentes Luis Simões e Pedro Santos, daQuinta do Brejinho da Costa; Joana Freitas, da Casa Ermelinda Freitas; Joana Vida, da Venâncio da Costa Lima; Jaime Quendera, da Adega de Pegões; Filipe Cardoso, da Sivipa; Filipe Cardoso, da Quinta do Piloto; Tomás Baião, da José Maria da Fonseca; Mário Cravidão, da CW – Comporta Wines; e Nuno Cândido, da Adega Camolas.

Queijo do Azeitão.

Sobre os Vinhos da Península de Setúbal – A Península de Setúbal tem uma forte tradição vitivinícola. Em 2000 a.C. a região acolheu as primeiras vinhas da Península Ibérica. Com o passar do tempo, Setúbal e as suas Penínsulas adquirem maior prestígio e importância, tornam-se um destino turístico de excelência graças à natureza e ao património edificado, igualmente rico em diversidade e importância histórica. A cultura da vinha e do vinho têm sabido integrar-se e adaptar-se aos novos tempos e é hoje unanimemente reconhecida como mais uma joia da região, um importante recurso e produto enoturístico.

A CVRPS

A Comissão Vitivinícola Regional da Península de Setúbal (CVRPS) tem como principal missão a defesa das DO Setúbal e Palmela e IG Península de Setúbal, bem como a aplicação de regulamentação, fomento e controle dos vinhos produzidos nas respectivas áreas geográficas com a finalidade de garantir sua origem, genuinidade e qualidade. Na Península de Setúbal produzem-se três tipos de vinho certificado: Vinhos DO Palmela; Vinhos DO Setúbal e Vinho Regional Península de Setúbal. Outras informações estão acessíveis pelos sites: www.vinhosdapeninsuladesetubal.ptwww.moscateldesetubal.pt.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *